Regimento - Página 2/5

TÍTULO II
Dos Associados, seus direitos e deveres
Art.8o – O corpo de associado da ADUFCG/S. Sind. será ilimitado.
Art.9o – A ADUFCG/S. Sind. só terá sócios efetivos.
Parágrafo Único – São sócios efetivos da ADUFCG/S. Sind. e simultaneamente da ANDES-SN, os docentes da UFCG dos Campi de Campina Grande, Sousa, Cuité, Pombal e de Sumé e os docentes aposentados referidos no Parágrafo Único do ART.3o, pertencentes à carreira do magistério, visitantes e substitutos em efetivo exercício, afastados ou aposentados que se comprometem a cumprir este Regimento e o Estatuto da ANDES-SN.
Art.10 – A admissão de sócios efetivos à ADUFCG/S. Sind. dar-se-á mediante preenchimento de ficha padrão, autorização de desconto em folha e declaração de conhecimento e aceitação do estatuto da ANDES-SN, do presente Regimento e posterior aprovação pela Diretoria Executiva.
§ 1º – A mensalidade a ser paga pelos sócios será fixada em Assembleia Geral.
§ 2º – Em caso de indeferimento do pedido de admissão de sócio da ADUFCG/S. Sind., caberá recurso ao Conselho Deliberativo, em primeira instância, e à Assembleia Geral, em segunda instância.
Art.11 – São direitos do sócio:
I. votar;
II. ser votado;
III. ter voz e voto na Assembleia Geral;
IV. partilhar, em igualdade com os demais membros da ADUFCG/Seção Sindical, dos benefícios e da assistência que por ela forem prestados;
V. requerer em conjunto, com 20% dos sócios, no mínimo, a convocação de Assembleia Geral Extraordinária formalizando, por escrito, os motivos da convocação;
VI. apresentar ao Conselho Deliberativo, por intermédio de qualquer um de seus membros, propostas, sugestões ou representações de qualquer natureza que demandem providências daquele órgão consultivo.
Parágrafo I – O sócio que não estiver em dia com as contribuições à ADUFCG/S. Sindical, terá esses direitos suspensos.
Parágrafo II – O direito previsto no Inciso II deste artigo não se aplica aos professores visitantes e substitutos.
Art.12 – São deveres do sócio:
I. manter-se em dia com as contribuições à ADUFCG/S. Sindical;
II. comparecer às reuniões da Assembleia Geral;
III. exercer com diligência os cargos para os quais for eleito;
IV. trabalhar pelos objetivos da ADUFCG/S. Sind. e do ANDES-SN;
V. cumprir este Regimento e o Estatuto do ANDES-SN;
VI. fiscalizar o funcionamento da ADUFCG/S. Sind. e sobre ela manifestar-se;
VII. agir segundo os princípios da ética profissional e sindical.
Art.13 – Nenhum sócio poderá representar a ADUFCG/S. Sind. ou falar em seu nome, sem que, para isto, esteja devidamente credenciado pela Seção Sindical.
Art.14 – Será excluído da ADUFCG/S. Sind. o associado que deixar de cumprir o disposto no Art.12º deste Regimento, após apreciação da Assembleia Geral.
§ 1º – Ao associado sob processo de exclusão será assegurada ampla defesa.
§ 2º– O desligamento espontâneo de qualquer sócio deverá ser feito mediante ofício à Diretoria.


Voltar
- Continuação